facebook googleplus Sem título-1playSem título-1Sem título-1twitter whatsappyoutube
Artigos e Análises

O que atores e atrizes que fazem musicais acharam de La La Land?

A narrativa é relativamente simples: uma jovem que deseja ser atriz e um músico frustrado que quer abrir um lugar para tocar jazz raiz (não o nutella). Sim, essa é a história que rendeu a La La Land sete Globos de Ouro (batendo o recorde de “Um Estranho no Ninho”), 14 indicações ao Oscar, prêmios dos sindicatos (são tantos que nem vou listar), um lucro impressionante (mais de 300 milhões de dólares) e o título de “filme para levar alguém quando você quer sair da friend zone”.

La La Land GIF - Find & Share on GIPHY

Claro que o segredo não está apenas na história, já que as músicas que ajudam a contar esse romance tornam La La Land uma experiência bem interessante. E sim, é um filme musical que busca o espírito clássico de Hollywood:

  • Tem música do nada
  • Tem sapateado
  • Tem valsa
  • Tem grandes coreografias
  • Tem troca de figurino
  • Tem um poste parecido com “Cantando na Chuva”.

O mais louco é pensar que toda essa agitação é culpa de um cara de 32 anos. Damien Chazelle, que já tinha feito barulho em 2015 com Whiplash, levou seis anos para convencer Hollywood de que valia a pena investir em La La Land. Convencimento feito, Emma Stone e Ryan Gosling entraram no projeto para viverem os protagonistas e trazerem paz e amor aos corações angustiados em tempos de Trump, crises e pós-verdade.

Zeta Jones e seu Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em “Chicago”

O que causa certo espanto é pensar em como La La Land conseguiu amolecer o duro coração do Oscar, que não é muito chegado em premiar musicais. O último a levar a estatueta de melhor filme foi “Chicago”, em 2003 (DETALHE: Chicago estava concorrendo com “O Pianista” e “O Senhor dos Anéis: As Duas Torres”), mas outros como “A Noviça Rebelde”, “Amor, Sublime, Amor”, “Cantando na Chuva” e “O Mágico de Oz” já levaram o homenzinho dourado.

Para quem gosta de filmes musicais, o longa pode ser classificado como muito bom. Suas cores, formas, músicas e narrativa chamam a atenção. Mesmo Gosling e Stone não cantando na vibe Jennifer Hudson em Dreamgirls (Não sabe do que estou falando? Veja aqui), dá para dizer que os dois meramente agradam os ouvidos. Mas o que atores e atrizes que fazem musicais acharam do filme? A gente conversou com quatro deles para saber.

Ouve aí!

Nós conversamos com Ingrid Gaigher, que já atuou em “Alô, Dolly!”, “Gabriela – O Musical” e atualmente faz parte do elenco de “Rent”;

Com Jessé Scarpellini, que já atuou em “A Madrinha Embriagada”, “O Homem de La Mancha”, “Wicked” e vai atuar em “Os Miseráveis”;

Com Giovanna Moreira, que já atuou em “Shrek”, “Mudança de Hábito”, “Wicked” e faz parte do elenco de “Rent”;

E com Diego Montez, que já atuou em “Chacrinha – O Musical”, “Wicked” e faz parte do elenco de “Rent”.

Bom, este que vos escreve assistiu La La Land, gostou muito e tem quase certeza de que o longa leva o Oscar de Melhor Filme. Vamos aguardar, mas até lá…

 

Compartilhe:

Comentários: