facebook googleplus Sem título-1playSem título-1Sem título-1twitter whatsappyoutube
Artigos e Análises

The Get Down: Ainda há esperança!

A recém cancelada série da Netflix não será continuada no serviço de streaming, mas a história talvez continue!

De fato não serão produzidos novos episódios, mas em um desabafo na própria página do Facebook, o responsável pela série, Baz Luhrmann (O Grande Gatsby, Romeu e Julieta de 1996), disse que “Todo tipo de coisa tem sido pensada a respeito do futuro… até uma peça”.

Isso garante que algo vai acontecer de fato? Não. Mesmo assim é importante ressaltar que o projeto não foi abandonado e, talvez, um dia a gente finalmente descubra como o Zeke se tornou um rapper famoso, já que o final da primeira temporada o aponta em uma direção completamente diferente.

Aliás, agora que pensei nisso, será que aquele rapper que aparece cantando diante de um público enorme existe apenas na cabeça do nosso Books?

Acredite, não é só ele que passa por isso se for o caso.

Para aqueles que estranharam o cancelamento da série, vale citar aqui uma reportagem da revista/site Variety que apontou há muito tempo a dificuldade que existia nos bastidores desta que é uma das séries mais caras da história da Netflix com orçamento de 120 milhões de Trumps.

Em uma entrevista concedida ao portal mencionado acima, o diretor Luhrmann afirmou que chegou a considerar deixar a série, pois não havia precedentes para o que eles estavam fazendo e isso fez com que os custos aumentassem além de fazer com que a produção ficasse bem mais lenta.

Como se isso não fosse o suficiente, a série não atraiu tantos expectadores, já que há uma estimativa de que apenas um quinto da audiência da quarta temporada de Orange Is The New Black (em números, que fique claro) chegou a assistir The Get Down no mês de estreia, de acordo com dados da Symphony Advanced Media divulgados pela Variety.

Se você é um fã da série, como eu, não perca a fé. Um dia descobriremos as respostas para as lacunas aberta no final da segunda parte da primeira temporada.

Compartilhe:

Comentários: